O incrível poder dos juros compostos

Juros compostos
Clique na imagem para visualização em alta definição

Quem nunca escutou as famosas frases “Os juros compostos são a 8ª maravilha do mundo” ou “Juros compostos são a força mais poderosa do universo” ou então “Quem entende os juros compostos os ganha, quem não, os paga”. Essas citações que frequentemente são atribuídas a Albert Einstein, de fato nunca foram oficialmente profelidas pelo gênio da física, mas não deixam de soar como verdades.

Os juros compostos, em sua definição básica, são nada mais que juros sobre juros. Ou seja, juros calculados sobre um montante inicial, mais os juros de períodos anteriores atribuídos ao montante. A sua definição escrita apesar de básica, pode parecer confusa, então é sempre melhor usar exemplos para demonstrar. E hoje em dia existem inúmeras calculadoras online ou planilhas que podem fazer isso por você. Exemplo:

https://www.clubedospoupadores.com/simulador-de-juros-compostos

A importância de se entender os juros compostos e seu incrível poder é o ponto base para qualquer pessoa que deseja começar a investir, justamente porque todo ativo financeiro disponível hoje é baseado nesse sistema. Seja investimentos em renda fixa com CDB’s, LCI’s, LCA’s ou Tesouro Direto, como investimentos em renda variável como ações e fundos imobiliários.

Composto

O gráfico acima demonstra esse poder ao ilustrar como um simples investimento de R$ 1.000,00 pode se transformar em R$ 789.700,00 em sete décadas, com taxa de retorno de 10% ao ano. O período usado pode parecer longo demais, mas deve-se contar que o montante inicial é baixo e não há mais aportes. A mesma quantia se incrementada com aportes mensais ou anuais, se transformará em uma fortuna em períodos não tão longos.

Esse gráfico, obviamente em dólares, foi o que inspirou Warren Buffett a começar a investir tão cedo em sua vida, segundo relato do mesmo. Buffett percebeu logo que o mais importante não eram as quantias aportadas, mas sim começar a investir logo, pois o tempo é a força motriz para se construir uma fortuna no longo prazo. E isso pode ser muito bem visto na construção da riqueza do mesmo:

Buffett

Obviamente que o oráculo de Omaha teve na maioria de sua vida retornos maiores que 10% a.a. mas é evidente a estratégia de ele usar o tempo e os juros compostos ao seu favor. Sua fortuna não foi formada do dia para a noite, muito pelo contrário, ele atingiu a cifra bilionária na casa dos 50 anos de idade e é um exemplo vivo de que paciência, disciplina e juros compostos levam qualquer um a ser financeiramente independente.

A mensagem que deixo por fim é parafraseando Robert Kyosaki, autor do best-seller Pai Rico, Pai Pobre; Faça o dinheiro trabalhar por você e comece a investir agora mesmo!

%d blogueiros gostam disto: