Connect with us

Economia

E se os repasses do BNDES para obras no exterior financiassem hospitais?

Reunimos as 10 obras mais caras, financiadas pelo BNDES no exterior, e calculamos quantos hospitais poderiam ser construídos.

Published

on

Não é novidade de que o BNDES financiou diversas obras no exterior nas últimas duas décadas. Este site inclusive mapeou as dez obras mais caras em que o banco destinou empréstimos, através de empreiteiras.

Apesar de não participar das licitações, o BNDES ganhou enorme má reputação justamente por destinar a maioria de seus recursos para este fim. Deixando desta forma, outras empresas com projetos de obras no Brasil, em segundo plano.

A falta de investimento em obras nacionais fica ainda mais notória neste momento, no qual – devido a pandemia do novo coronavírus – estados e municípios estão evidenciando a falta de estrutura hospitalar para lidar com esse problema.

É com esse objetivo que elaboramos um infográfico demonstrando quantos hospitais poderiam ter sido construídos com os recursos das dez obras mais caras realizadas no exterior, através de financiamentos do BNDES.

Obras BNDES exterior

Como chegamos ao valor de R$ 30 milhões para um hospital?

O custo de m² de uma obra hospitalar depende de inúmeros fatores. Para simplificar, procuramos notícias de licitações de construção de hospitais em diferentes regiões do Brasil.

1) R$ 20 milhões para construção de um hospital com 77 leitos em Itapema-SC. (2019)
2) R$ 21,9 milhões para construção de um hospital com 109 leitos em Porto Alegre do Norte-MT. (2013)
3) R$ 60 milhões para a construção de dois hospitais com 150 leitos em Brasília-DF. (2013)
4) R$ 30 milhões para construção de um hospital com 160 leitos. (Artigo de estimativa realizado em 2013)
5) R$ 70 milhões para a construção de um hospital com 270 leitos em Santa Maria-RS. (2018)

Através dessa base, chegamos a conclusão de que R$ 30 milhões seriam um montante sensato para a construção de um hospital com pelo menos 100 leitos de atendimento.

Dessa forma, as dez obras com um financiamento total estimado em R$ 26,6 bilhões, seriam suficientes para construir 883 hospitais de 100 leitos em média. Ou seja, poderiam ser abertos 88 mil leitos hospitalares com este valor.

Continue Reading
Comments

Copyright © 2020 Economista Visual

%d blogueiros gostam disto: